Problemas Comuns nas Plântulas de Cannabis e Como Resolvê-los

Reparou que as suas plântulas não estão crescendo correctamente? Aprenda a identificá-los e a consertá-los!
06 November 2020
5 min read
Problemas Comuns nas Plântulas de Cannabis e Como Resolvê-los

Conteúdos:
  • 1. Plântulas de cannabis saudáveis
  • 2. Excesso de água
  • 2. a. Como consertá-lo
  • 3. Falta de água
  • 3. a. Como consertá-lo
  • 4. Problemas de nutrientes
  • 4. a. Como consertá-lo
  • 5. Calor excessivo
  • 5. a. Como consertá-lo
  • 6. Demasiada (ou pouca) luz
  • 6. a. Como consertá-lo
  • 7. Em conclusão

Folhas amareladas ou deformadas, pontas queimadas, ou mesmo crescimento lento podem ser um sinal de que algo está errado, mesmo que a sua plântula seja capaz de se recuperar, pode acabar afetando o tamanho final e o rendimento das suas plantas de cannabis.

Os problemas com as plântulas são comuns e podem acabar por afectá-las mais na frente no seu ciclo de vida, pelo que é vital detectá-los e corrigi-los o mais depressa possível.

Definitivamente não é difícil de detectar quando algo está errado, mas se for um novo cultivador, primeiro deves saber como é a aparência de uma plântula saudável.

1. Plântulas de Cannabis Saudáveis

As plântulas de cannabis começam com duas pequenas folhas redondas chamadas "cotilédones", estas folhas já estão formadas dentro da semente e abrem-se assim que a semente germina, após alguns dias, aparecerão as primeiras folhas serrilhadas, o que indica que a sua plântula está crescendo.

 

Problemas comuns nas plântulas: plântulas saudáveis

Plântulas de cannabis saudáveis.
 

À medida que as plântulas começam a desenvolver-se, o primeiro par de folhas verdadeiras aparecerá, as folhas verdadeiras são as típicas folhas com dedos que todos conhecem, todas as folhas até este ponto devem ser verde brilhante, se não, é um sinal de que algo está errado, para o ajudar a diagnosticar o que possa ter, aqui estão os problemas mais comuns da cannabis.

2. Excesso de Água

A rega em excesso é um dos problemas mais comuns entre os cultivadores, embora as plantas precisem de água para crescer, também precisam de oxigénio para se desenvolverem adequadamente, e quando regas em excesso, podes acabar por afogar as tuas plantas devido à falta de oxigénio.

Podes pensar E as plantas cultivadas em hidroponia? Bem, em instalações hidropônicas, cerca de ⅓ das raízes são mantidas fora de água, desta forma podem respirar ao mesmo tempo que absorvem água, de modo que mesmo que as raízes estejam na água, ainda recebem o oxigénio de que necessitam.

 

Problemas comuns nas plântulas: excesso de água

Sintomas de plantas regadas em excesso.
 

Quando as suas plantas não recebem a quantidade de oxigénio de que necessitam, as folhas começarão ficar para abaixo e se não a tratar durante muito tempo, as folhas começarão a ficar amarelas.

Se veres algum destes sintomas, é muito provável que o problema esteja sendo causado por má drenagem ou rega com demasiada frequência.

Como consertá-lo

  • Não deixar plantas sentadas na água que sai por baixo do vaso.
  • Usar melhores vasos, tais como smart pots ou air pots.
  • Misturar a perlita no solo para aumentar a drenagem e a oxigenação.
  • Fazer buracos no fundo do recipiente para permitir o escoamento da água.

3. Falta De Água

Tal como a rega em excesso, a falta de água é muito comum, especialmente entre os novos cultivadores que querem evitar a rega em excesso e pode ser bastante confusa porque os sintomas são basicamente os mesmos que quando se rega em excesso.

 

Problemas comuns nas plântulas: falta de água

Sintomas da falta de água na cannabis.
 

É essencial garantir que as suas plantas tenham sempre acesso à água, as raízes devem ser mantidas húmidas sempre porque as plantas estão constantemente a perder água através do processo de transpiração e precisam ser capazes de reabastecer a água nas folhas.

Quando não há água suficiente, as plantas de cannabis deixam de executar os seus processos básicos e secam, acabando por as matar, por isso mesmo que se deva ter cuidado ao regar, deve-se definitivamente manter as plantas regadas.

Como consertá-lo

  • Certifique-se de que a parte de cima do solo está sempre húmida.
  • Misturar o solo com fibra de coco ou vermiculita para melhorar a retenção de água.

4. Problemas De Nutrientes

Tal como os sintomas de excesso ou falta de água, as plantas que sofrem de excesso de nutrientes (sobrealimentação) as folhas começarão a ter manchas amarelas, pontas queimadas, ou a mostrar um crescimento mais lento.

Os problemas relacionados com nutrientes são geralmente causados por dar nutrientes demasiado cedo, demasiados nutrientes ao mesmo tempo ou super solo "quente" ou solos pré-alterados.

Dar demasiados nutrientes de cada vez pode causar problemas de um dia pro outro, por isso recomendamos que regue a sua plântula com água pura e que dê uma olhada na tabela a seguir para evitar qualquer problema relacionado com nutrientes.

 

Água Ideal Para Plântulas

SubstratopHPPM
Terra6.0-7.0100-250
Fibra de coco, argila expandida e hidroponia5.5-6.2300-400

 

Tenha em mente que estas são estimativas e deves verificar todos os dias se existem problemas e reduzir ou aumentar estes números se vir sinais de deficiências.

Dar nutrientes demasiado cedo irá sobrecarregar o solo, e consequentemente, a sua muda, por isso lembre-se que não se deve alimentar durante as primeiras semanas ou pelo menos dar uma dose baixa de nutrientes.

Isto também pode acontecer com super solo orgânico, apesar de ser orgânico, é necessário esperar até que o seu super solo não seja mais "quente", solo "quente" significa que a mistura ainda está a passar por actividades biológicas, pelo que terá de esperar cerca de 30-45 dias antes de o poder utilizar, embora este não seja o caso de todos os super solos, certifique-se de obter mais informações sobre o produto que estás utilizando.

Como consertá-lo

  • Certifique-se de ajustar a dose de nutrientes de acordo com o meio em que estás cultivando.
  • Espere pelo menos 10 dias antes de começar a alimentar as suas plantas.
  • Leia as instruções sobre os produtos que estás utilizando.

5. Calor excessivo

O calor excessivo pode também afectar as suas plantas, que acabarão por mostrar sinais de estresse por calor, verás as extremidades das folhas ficando para cima, igual ao formato dos tacos  e começarão a ficar secas e estaladiças, em casos mais extremos as folhas começarão a mostrar uma cor verde-amarelada.

 

Problemas comuns nas plântulas: calor excessivo

Sintomas de calor excessivo na cannabis.
 

Isto pode ser causado por temperaturas elevadas, baixa humidade, ou mesmo por os ventiladores estarem demasiado fortes, mas felizmente, isto pode ser facilmente detectado antes das suas plantas começarem a mostrar os sintomas, porque verás que o solo está seco e por vezes começará a ter rachaduras.

Como consertá-lo

  • Certifique-se de que a temperatura e humidade estão nos níveis correctos.
  • Coloque a sua mão debaixo da luminária, se estiver demasiado quente para ti, definitivamente é quente para suas plantas.
  • Assegure-se de que os ventiladores não estão demasiado fortes para a fase em que as suas plantas estão.

6. Demasiada (ou pouca) luz

Outro problema comum entre os novos cultivadores é não fornecer luz suficiente ou fornecer demasiada luz na fase de muda, se as suas plântulas não estiverem a receber luz suficiente, elas começarão a esticar-se e o caule ficará super comprido, o que é uma coisa má porque elas podem facilmente quebrar e não há maneira consertá-lo.

 

Problemas comuns nas plântulas: demasiada ou pouca luz

Sintomas de muita ou pouca luz nas plântulas de cannabis.
 

Agora, quando as suas plântulas estão a receber demasiada luz, ou as luzes estão demasiado perto delas, a plântula ficará desidratada e as folhas queimadas, mostrando sintomas como folhas queimadas e enrugadas.

Como consertá-lo

  • Ajustar a distância da luminária da muda todos os dias, tentar encontrar a melhor distância.
  • Usar CFLs em vez de LEDs ou HPS potentes para evitar este tipo de problemas.

7. Em conclusão

As plântulas são super frágeis e sensíveis, pelo que deves cuidar bem delas, evitando problemas nesta fase é vital porque, embora as suas plantas possam se recuperar, o tamanho e a estrutura podem ser afectados, o que acabará por afectar a sua colheita.

Se tem dicas que pode partilhar com outros cultivadores para os ajudar a cuidar das suas plantas bebê, sinta-se à vontade para deixar um comentário na secção de comentários abaixo!

 

Referências Externas:

  1. Seedlings. - Jenkins, Elwyn. (2020).
  2. Effect of seedling grades on seedling vigour of Azadirachta indica. - Mani, Gangadharan & A.Bharathi,. (2020).
06 November 2020
Comments